Páginas

sábado, 4 de julho de 2015

Judaísmo


Judaísmo
Pode significar pertença a um povo e pertença a uma religião. Essas pertenças eram, no início, uma coisa só: O Judaísmo saiu do povo de *Israel. Lá não havia distinção entre o campo religioso e o profano. Tudo era baseado nas orientações da *Torá. A História israelita termina com a destruição de *Jerusalém pelos babilônios (586 a.C.).

Desde a nova fundação do Estado de Israel, depois do cativeiro babilônico, pode-se distinguir Judaísmo de judeus (Essa palavra vem de Judá, uma das doze tribos de Israel). - O conteúdo mais importante da fé judaica é a sua crença num único Deus (*monoteísmo). Ele criou o mundo e deu a Torá aos homens, para que possam viver de tal maneira que agrade a Deus e seja bom para seu povo. 

Deus convocou todos os povos do mundo para servi-lo. Ao povo judeu, porém, confiou a responsabilidade especial de cumprir a Torá. - Hoje em dia há judeus no mundo inteiro. As mais das vezes possuem o título de cidadania nos países onde nasceram, mas pertencem ao povo de Israel. - Hoje nem todo o judeu é religioso. Durante toda a sua história o Judaísmo foi alvo de hostilidades e opressões. O *antissemitismo atingiu o auge da crueldade nos campos de extermínio dos nazistas, onde 6 milhões de judeus foram assassinados.

Fonte
Dicionário Ilustrado das Religiões - GEORG SCHWIKART, pg. 62.

Alan Fabiano

Nenhum comentário:

Postar um comentário

- Deixe o seu comentário;
- Assim que puder responderei;
- Faça desse espaço um lugar de crescimento espiritual;
- Grato por sua visita;
- Deus te abençoe.